sábado, 30 de abril de 2011

COMEMORAÇÃO DO 7º ANIVERSÁRIO DA ADET NO PARK SOL..

  
  
  
È com muita alegria que a Diretoria da ADET comemora o seu sétimo aniversário, Foram sete anos de incansável luta em busca da cidadania, procurando dentro das nossas limitações atender a todos que nos procuraram necessitando de equipamentos ortopédicos, encaminhamento de passes livres interestaduais, visitas domiciliares, palestras nas escolas, participações nos conselhos municipais etc. E como bem disse o poeta Geneci Cristovão,

"São Sete Anos de Luta pela vida
Que a ADET completa com vitória,
Fazendo ela propria a sua história
E por isso a ação é garantida,
Esta luta por Deus é construída
Com a ajuda dos que tem coração
De mãos dada em busca da Inclusão
Procurando fazer cidadania
Atendendo a todos com alegria
Viva a luta da ADET meu Irmão!

Um abraço de Gratidão,

A Diretoria.

FOTOS DO DIA EM QUE FOI BATIDA A LAJE DA SEDE DA ADET.

  
  
  
Neste dia: 28/04/2011, a ADET deu mais um passo importante na conclusão do seu maior sonho a sede propria, desta feita, foi concluída a laje da referida Entidade, aproveitamos para de coração agradecer a todos os doadores que direta ou indiretamente contribuíram para chegássemos até aqui, Que Deus os retribua quadruplicadamente, o nosso abraço de gratidão a todos.

terça-feira, 5 de abril de 2011

20 FATORES DO ÊXITO NO AMOR CONJUGAL.


• Amor comprometido e de entrega que requer esforço diário:
1. Casar-se para toda a vida: ter claro que o matrimônio é para sempre.
2. Entrega total ao outro cônjuge na vida diária: contar desde o principio com que terão dificuldades e estas se podem superar utilizando todos os meios.

• Amor crescente, sempre vivo e renovado:
3. Ser consciente de que o amor não é um fato completo no momento da boda: é algo que se constrói cada dia, é uma conquista permanente. Terá que recomeçar sempre, fazer ressurgir o amor cada manhã, evitar o “acostumar-se” a viver com o outro caindo na rotina. O verdadeiro amor sabe inventar, sabe renovar-se com criatividade.
4. Utilizar recursos para manter a relação em bom estado e prevenir possíveis conflitos: falar a tempo, reconhecer enganos, saber desculpar-se, saber ceder (“dar o braço a torcer”), chegar a acordos, etc.

• Amor humilde, não auto-suficiente, que se deixa formar e ajudar, que sabe aprender:
5. Contar com as ajudas sobrenaturais próprias do matrimônio cristão, que ajudam a cumprir os deveres conjugais e a superar os momentos difíceis.
6. A boa lembrança de uns pais que se amavam de verdade como esposos.
7. Um bom namoro: tratamento pessoal, diálogo, sinceridade, conhecimento e respeito mútuo; orientado a um possível casamento

• Amor que supera o “eu” e o “tu” para chegar ao “nós”:
8. Ver sempre o outro cônjuge como o primeiro ou prioritário na própria vida; dar – lhe atenção preferencial sobre outras pessoas e interesses.
9. Ser feliz como efeito de fazer feliz o outro cônjuge; viver para o(a) fazer feliz.
10. Compartilhar experiências, problemas, estados de ânimo. Interessar-se pelas coisas do outro. Saber entrar no seu mundo. Contar com o outro na tomada de decisões.
11. Expressar abertamente os sentimentos vencendo possíveis falsos pudores e o medo de confiar totalmente no outro cônjuge
12. Ser amigos além de cônjuges
13. Admirar o outro e mostrar-lhe que o admira.
14. Aceitar e querer o outro como ele é, sem pretender mudar-lhe nada ou adaptá-lo à sua maneira de ser
15. Conviver como pessoas que se amam: sinceridade (não ter segredos com o outro), confiança, compreensão, respeito, boas maneiras, delicadeza no tratamento, saber calar, saber escutar, não dizer sempre a última palavra
16. Procurar um momento em cada dia para estarem os dois a sós e conversarem. Desfrutar da companhia íntima. Falar de tudo e passar bem o tempo juntos. Criar situações agradáveis que venham a ser boas recordações no futuro.
17. Cuidar em cada dia os pequenos detalhes que fazem mais grata a vida ao outro

• Amor positivo e flexível:
18. Resolver os conflitos no próprio dia; não se deitar com os problemas; dar o primeiro passo para falar; saber reconhecer enganos, pedir perdão e perdoar.
19. Nas discussões e confrontos apelar às boas lembranças e recorrer ao bom humor, que desdramatiza os problemas e ajuda a ver a realidade pelo lado mais favorável
20. Saber ajustar e afinar a relação amorosa diante das sucessivas mudanças que, com o passar do tempo, se vão produzindo na vida conjugal e familiar

(Manuel Castells, www.arvo.net)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

ADET TEM PROGRAMAÇÃO PARA COMEMORAR 7º ANIVERSÁRIO

A Associação dos Deficientes de Tabira (ADET) completa, dia 18 de abril, 7 anos de fundação e já tem preparados vários eventos que vão marcar as comemorações. Palestra, entrevistas, visitas e panfletagem vão fazer parte do calendário da ADET na semana de seu aniversário.
Confira a programação:
Dia: 11/04 – Seg. – Feira
Às 06h – Alvorada
Dia: 12/04 – Ter. – Feira
Às 09h – Visita á Escola Municipal Andréa Pires.
Dia: 13/04 – Qua. – Feira
Às 09h – Visita a Feira Livre com distribuição de Panfletos com a história da Entidade.
Dia: 14/04 – Qui. – Feira
Às 09h – Palestra com o Dr. Lucíolo Tigre Paes Galindo
Fiscal de Defesa Agropecuária e Vegetal
Tema: Agrotóxico e Meio Ambiente.
Local: Auditório Aretuza Pires 
Bairro – Jureminha
Dia: 15/04 – Sex. – Feira
Às 09h – Visita a EREM Profª. Carlota Breckenfeld (Modelo de Acessibilidade)
Dia: 16/04 – Sábado
Às 09h – Visita ao PARK SOL, (Modelo de Acessibilidade)
Dia: 18/04 – Seg. – Feira
Às 10h – Entrevista nas Rádios de nossa cidade.
Tema: Trajetória de sete Anos de fundação da Entidade.
Autor: Flávio Marques - Categoria(s): Sem categoria

02 de Abril - Prédios e monumentos estarão iluminados em azul, pela passagem do “Dia de Conscientização do Autismo.


No dia 2 de abril, comemora-se o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data foi criada em 2008 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para alertar a população sobre a complexidade do assunto, a necessidade de mais pesquisas e a importância da inclusão social.
Na data, vários prédios e monumentos importantes estarão iluminados em azul, cor definida para o Autismo. Entre eles, a Ponte Estaiada, o Monumento às Bandeiras, o Viaduto do Chá e a Assembléia Legislativa do Estado de SP em São Paulo; o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro – com apoio da APADE – Associação de Pais e Amigos de Portadores de Deficiência; a Torre de Televisão e o Congresso Nacional em Brasília, o Teatro Amazonas, em Manaus.
A Associação Amigos dos Autistas de Itu – AMAI atualmente atende 60 Autistas de Itu e Região, e também está engajada no movimento.

O autismo 

Autismo é um termo geral usado para descrever um grupo de transtornos conhecido como transtornos globais do desenvolvimento (TGD) descrito pela primeira vez em 1943 e somente em 1993 incluído na Classificação Internacional de Doenças (CID 10) da Organização Mundial da Saúde como um transtorno invasivo do desenvolvimento. É um transtorno caracterizado por uma grave dificuldade no estabelecimento da comunicação, imaginação e na manutenção das relações sociais que inicia antes dos três anos de idade.

O autismo é uma síndrome que atinge quase dois milhões de brasileiros. No mundo há uma estimativa pela ONU - Organização das Nações Unidas - que existam 70 milhões de pessoas com autismo.

A medicina e a ciência de um modo geral sabem muito pouco sobre o autismo. Não existe um teste médico específico para o diagnóstico da doença e ele baseia-se no comportamento. Um diagnóstico precoce, detalhado e minucioso é fundamental, pois fornece informações úteis para o tratamento, identificando os pontos fortes e dificuldades específicas e em sobre quais necessidades e habilidades a intervenção deverá trabalhar.

O Autista deve ser tratado com respeito e dignidade, sendo importante permitir que sejam incluídos na sociedade e tenham mais qualidade de vida.

AMAI

A Associação Amigos dos Autistas de Itu (AMAI) é uma organização filantrópica de assistência social, que atua no atendimento e na defesa dos direitos da pessoa com deficiência, sendo reconhecida como um centro de assistência integral multiprofissional e interdisciplinar, com foco no atendimento especializado a crianças, adolescentes e adultos jovens portadores de autismo.

Oferece serviços e programas que englobam o atendimento clínico, o desenvolvimento de competências para o convívio social e a reabilitação com infra-estrutura, equipamentos e recursos humanos totalmente adaptados. Os serviços disponibilizados são: educação, terapia ocupacional, fisioterapia, hidroterapia, equoterapia, psicologia, fonoaudiologia, nutrição e serviço social.

ADET – também se confraterniza e se irmana a luta de todos os portadores de Autismo do Brasil e a a luta da AMAI.
Fonte: http://www.itu.com.br/saude