terça-feira, 10 de março de 2020

7 Maneiras de exercer cidadania

A cidadania é um conjunto de direitos e deveres civis, políticos e sociais exercidos pelos cidadãos que fazem parte de um determinado Estado.
Através da cidadania é permitido, por exemplo, que os cidadãos tenham direito à liberdade, à vida, à igualdade perante a lei, ao voto, à moradia, à educação e à saúde.
Veja abaixo como podemos exercer a cidadania.

1. Alistar-se como eleitor

urna eletrônicaUrna eletrônica utilizada no Brasil (Fonte: AgenciaBrasil – Autor: José Cruz)
De acordo com a Constituição Federal Brasileira, o voto é obrigatório para cidadãos alfabetizados maiores de 18 anos e menores de 70 anos de idade. Os jovens de 16 e 17 anos também podem votar, mas sem obrigatoriedade.
O exercício do direito de voto é um exemplo de cidadania que representa a principal de várias das formas de participação política que um cidadão pode ter.
Ao votar, o cidadão passa a ter a possibilidade de contribuir para a democracia e de participar das decisões políticas do país.
Veja o significado de voto.

2. Praticar a direção defensiva

cinto de segurança
O trânsito integra um contexto onde frequentemente é preciso exercer a cidadania, quer como pedestre, quer como condutor.
O exercício da cidadania implica não só o cumprimento de deveres, mas também o exercício de direitos.
Um motorista, por exemplo, tem o dever de respeitar sinais e placas de trânsito, pois desta forma está ajudando a preservar o direito à segurança do próximo.
O pedestre também deve respeitar a sinalização. Qualquer atitude errada, como a de atravessar uma via fora da faixa de pedestres, pode ser prejudicial à vida de um motorista, por exemplo, que pode não ter tempo suficiente para frear.
Um cidadão que respeita a sinalização de trânsito, usa o cinto de segurança e atravessa na faixa de pedestres está exercendo a cidadania.

3. Cobrar promessas políticas

políticos debate
Além de poder contribuir com a democracia e ter participação direta nas decisões políticas do país, todo cidadão pode acompanhar o decorrer do mandato de determinado candidato e verificar se tudo que foi prometido em campanha eleitoral está sendo cumprido.
Essa atitude pode representar uma luta pela educação, pela saúde ou por outros direitos garantidos à população pela Constituição Federal Brasileira.

4. Exigir cumprimento de serviços de órgãos públicos

serviços públicos
Todo cidadão tem direito à adequada prestação de serviços por parte de agentes e prestadores de serviço público.
Isso inclui a igualdade no tratamento de usuários (sendo proibida qualquer forma de discriminação), e a previsão de tempo máximo de espera para atendimento, dentre outros.
Os serviços públicos garantidos por lei aos cidadãos incluem, por exemplo, saúde e educação.
O setor público brasileiro sempre sofreu com a falta de recursos humanos e de recursos materiais, mas isso não invalida que o cidadão possa cobrar seus direitos e exigir atendimento adequado.

5. Respeitar o próximo

respeito
A cidadania não abrange apenas direitos que os cidadãos têm garantidos pela constituição, mas também deveres.
Esses deveres incluem o respeito pelo próximo.
Cada cidadão deve ter o bom senso de saber que se suas atitudes implicam prejuízo de outro cidadão, ela passa a ser desrespeitosa.
respeito ao próximo é um exemplo de como exercer a cidadania no dia a dia e abrange a igualdade de tratamento, independentemente de etnia, sexo, condição social ou idade.

6. Não destruir o patrimônio público

patrimônio público
O patrimônio público consiste em bens e direitos de valor artístico, econômico estético, histórico ou turístico, pertencentes a pessoas jurídicas de direito público ou de uso público.
A Constituição Federal Brasileira institui que o Poder Público e a comunidade devem promover e proteger o patrimônio brasileiro através de desapropriação, inventários, registros, tombamento, vigilância e preservação.
Assim sendo, é também um dever do cidadão preservá-lo.
Veja o significado de cidadão.

7. Praticar a doação

doação
O exercício da cidadania também abrange a atuação na sociedade.
A doação, seja ela de sangue, de órgãos, de bens materiais ou de alimentos, é uma das maneiras que o cidadão tem de atuar em prol da sua sociedade.
Dessa forma, existe uma cooperação com a luta pelo direito garantido pela Constituição Federal brasileira a todos os cidadãos do Brasil, de ter, por exemplo, acesso à saúde e à alimentação.

Nenhum comentário: