segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

CORDEL EDUCAÇÃO E INCLUSÃO‏.


  • Cordel Educação e Inclusão‏

HELIO ARAUJO (heliodearaujo@yahoo.com.br)
12/01/2013

 No começo dos anos 70
Com Ed Roberts na frente
Começou o movimento
De vida independente
Questionando comportamentos
Visando um mundo includente.
Ed Roberts era cadeirante
E lutava por direito
Por ser um perseverante
A luta fez logo efeito
 Pessoas com deficiência
Conquistaram mais respeito.
Ele queria pra todos
Acesso ao conhecimento
E pra pessoa com deficiência
Autonomia e empoderamento
Pra ela mesma decidir,
Demonstrar seu pensamento.
Após décadas de estudos,
Pesquisas e mobilização,
Luta, debate, suor derramado:
Veio a fundamentação,
Para assim sustentar
A proposta de inclusão.
Assim não podemos voltar
Pra era da segregação
Estamos em 2013
No tempo da união,
Abaixo a intolerância
E a institucionalização.
A escola deve receber
 Com muita satisfação
O aluno com deficiência
Sem nenhuma separação,
Pois é doloroso pra uma mãe,
Se deparar com um não.
A educação inclusiva
Prevista na Convenção
É o que devemos oferecer
Em qualquer situação
Pois é o que impede
O mal da desunião.
Devemos ser responsáveis
Por nossa sociedade
Que deve ser inclusiva,
Respeitando a diversidade,
Justa e possibilitando:
Acolhimento e equidade.
Quem abordar esse tema
Nos meios de comunicação
Procure se preparar
Tenha muita precaução
Pois a informação errada
Reforça a discriminação.
Pessoa com limitação sensorial,
Transtorno do desenvolvimento,
Deficiência intelectual ou física,
Ou outro impedimento;
Todo mundo tem direito
A um bom atendimento.
Não é só direito à escola,
É por acessibilidade,
Trabalho, lazer e saúde,
Turismo de qualidade
Direito de exercer livremente
A sua maternidade.
Ser diferente não atrapalha,
Nem a escola nem a nação.
A diversidade somente ajuda
Provoca constante reflexão
Se fossemos todos iguais
A vida seria sem emoção.
Hélio de Araújo – professor, cadeirante, ativista na defesa dos direitos das pessoas com Deficiência de Petrolina. 

Nenhum comentário: