domingo, 13 de setembro de 2015

Aprovada proposta para dispensar pais do trabalho para irem à reunião escolar

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa aprovou a proposta que dá aos pais o direito de faltarem no trabalho uma vez a cada seis meses para participarem das reuniões nas escolas de seus filhos ou enteados. O Projeto de Lei da senadora Lídice da Mata (PSB – BA) também libera por até sete dias por motivo de doença ou deficiência de companheiros, pais, filhos ou cônjuge, desde que haja compensação.
João Capiberibe (PSB- AP), relator do projeto, a presença dos pais na vida escolar dos filhos e em caso de doenças é indispensável. “A presença deles garante a manutenção do vínculo familiar e transmite segurança aos filhos, oferecendo suporte emocional e o conforto psicológico indispensável a pronta recuperação da saúde e ao mais pleno desenvolvimento educacional”, disse.
A proposta segue agora para as Comissões de Educação, Cultura e Esporte (CE) e de Assuntos Sociais (CAS) para ser aprovada. De acordo com o senador Cristovam Buarque (PDT – DF), conhecido por suas propostas voltadas para a área da educação, o acompanhamento dos pais diante da situação escolar dos filhos vai trazer muitos benefícios para o país.
[ Fonte – Pais e Filhos ]

Nenhum comentário: