quinta-feira, 24 de novembro de 2011

sábado, 19 de novembro de 2011

ADET CONQUISTA SUA SEDE PRÓPRIA

Sede da ADET - Frentão
Sala de Reuniões, Sala de Informática
Irmão Heleno Trajano 1º Secretario
Rampa de acesso a oficina e aos banheiros.

Rampa de acesso a Sede da ADET
Luiz Miguel e o Irmão Heleno Trajano
Luiz Miguel, Irmão Vanderlei Miron e o Irmão Heleno Trajano
A ADET (Associação dos Deficientes de Tabira – PE) tem mais uma conquista , dessa vez foi a mudança para a sua sede própria, que fica localizada ao lado da Casa de Apoio ao Idoso. Rua projetada sem numero, Km 1,3 - PE – 320 perto do povoado do Riacho do gado.
O Presidente da ADET Luiz Miguel da Silva falou um pouco da historia da construção da sede.
“Bom dia Vanderlei Miron , bom dia internautas do blog Miron Noticias, gostaria de lhe agradecer em tê-lo nas instalações da sede da ADET, essa sede foi um sonho desde a fundação desta instituição que começou no dia 18 de Abril 2004 e só agora depois destes anos que demos inicio a construção sede, a construção começou em Fevereiro de 2011 e ate o momento estamos com essa sede simples, sei que falta mais investimento, material para pintura, portas, cerâmicas, mais que com ajuda daqueles que tem boa vontade de ajudar a ADET estamos com nossa sede, saímos do aluguel que custava em torno todos os meses 450,00 reais.Já e uma conquista, pois o dinheiro que deixamos de pagar aluguel vai servir para a compra de material de acabamento da sede. “O mais importante para nós é poder dar mais assistência para a quem vinher precisar de uma cadeira de rodas, uma muleta e o centro de fisioterapia para os deficientes ,Agradecemos ao povo tabirense que contribuiu bastante para chegarmos ate aqui.”Falou Luiz Miguel

A Diretoria da ADET é composta por:
Luis Miguel da Silva – Presidente, Girleide Gomes da Silva - Vice – presidente, Heleno Trajano Pereira - 1º Secretario, Vânia Maria de Lima – 1º Tesoureiro, Antonio José Brito – 2º Tesoureiro, Ivanes Pereira de Melo, Absolão Pereira Soares, Luiz Claudino de Lima.

Conselho Fiscal – que fiscaliza todo o dinheiro que esta sendo gasto na Associação.
Claudecir Queiroz Carvalho – Presidente do Conselho Fiscal.
Quitéria Carvalho do Nascimento,
Edileide Maria Alves (In memorian),
Maria de Lourdes Nogueira,
Neusa Clementino da Silva,
Maria de Fátima da Silva.

A ADET tem dois Programas de Rádio, um na Rádio Tabira FM 89,7 que vai ao ar às 13 horas da tarde até as 13h30min todos os sábados, e já faz 7 anos.
o outro na Rádio Cultura FM 104,9 no ultimo sábado de cada mês das 17 às 18 horas.
A ADET possui um blog que se chama adettabira.blospot.com
Contatos para deixar sugestões e opiniões no E-mail / MSN adet_pe@hotmail.com
Telefones para contatos: (0xx87)3847 - 2989, 3847-2048 e 9917-5152
Através do Blog da adettabira.blogspot.com você vai poder acompanhar todos os gastos e investimentos feitos na compra de cadeiras , muletas e manutenção dos mesmos, e reuniões que forem sendo feitas na sede da ADET.

Reportagem: Vanderlei Miron para o Blog Miron Noticías

Tabira em números: IBGE divulga novos dados do Censo 2010

O IBGE divulgou hoje, quarta-feira, dia 16, novos dados do Censo 2010. Apesar de Tabira apresentar algumas melhoras em relação há 10 anos atrás, o nosso quadro, como o da maioria das cidades do Sertão, ainda é marcado pela desigualdade e a falta de acesso a serviços e direitos básicos, como saneamento e educação. Vejamos alguns dados:
POPULAÇÃO E GÊNERO
Em 2010, Tabira possuía um total de 26.427 pessoas residentes em domicílios no município.
Gênero. O sexo feminino ainda é ligeiramente predominante na nossa cidade: 13.460 são mulheres (50,93%) e 12.967 são homens (49,07%).
Zona urbana e rural. A grande maioria continua a viver e migrar para a sede do município. 19.769 de pessoas (74,8%) moram na zona urbana, enquanto 6.658 pessoas (25,2%) moram na zona rural.
MORADIA
Em 2010, Tabira possuía 7.952 domicílios particulares permanentes (feitos pra se habitar e que na época do Censo servia de moradia a alguém).
Casa própria. Note-se que parte considerável das famílias tabirenses ainda não conquistou o sonho da casa própria: 1.324 desses domicílios são alugados.
Energia elétrica. Apenas 79 dos domicílios não possuíam energia elétrica. Avançamos muito! O dado demonstra que falta pouco para a energia elétrica ser um serviço ao alcance de todos na cidade.
Saneamento básico. Ainda é preocupante a situação de certas famílias nesse quesito. Dos domicílios que possuem banheiro, 290 utilizam fossa séptica (veja aqui uma) para esgotar os dejetos, enquanto 973 ainda utilizam fossa rudimentar (é um buraco, um fosso, sem qualquer cuidado).  
Fossas sépticas são bastante indicadas para uso na zona rural, sendo uma maneira simples e barata de tratar o esgoto, desde que tomados os cuidados devidos. Já as fossas rudimentares são um atentado a saúde das pessoas e deve-se providenciar urgentemente uma solução emergencial ou definitiva a essas famílias.
Um dado complementar: hoje, 691 dos domicílios tabirenses não têm banheiro ou sanitário. No ano 2000 esse número era ainda mais desesperador: dos 6.187 domicílios ocupados no município, 1.573 não tinham nem banheiro nem sanitário, ou seja, mais de 25% das casas não dispunham de um local adequado para se fazer as necessidades mais básicas de um ser humano.
EDUCAÇÃO
Os dados de educação são especialmente relacionados com a alfabetização dos tabirenses. Vejamos a quantas anda nossa cidade nesse quesito:
Analfabetismo. Em 2010, entre as pessoas com mais de 10 anos de idade, Tabira contabilizava 4.667 analfabetos, ou seja, 21,3% da população nessa faixa etária é analfabeta. Conseguimos um avanço considerável, tendo-se em conta que no ano 2000 a taxa de analfabetismo em pessoas com mais de 10 anos de idade era de 27,2%.
Analfabetismo na juventude. Entre os jovens com idade entre 10 e 25 anos, o analfabetismo atinge 9,36% da nossa rapaziada. Sabendo-se que essa é a faixa etária onde mais se investe em educação, o volume de jovens analfabetos é preocupante: de cada 100 jovens, 10 são analfabetos em Tabira.
Conforme o IBGE vá divulgando novos dados, sempre comentaremos aqui no blog sobre os números publicados. Os números não traduzem com fidelidade absoluta a realidade, mas nos dão ótimos sinais de como e onde podemos investir para termos uma cidade cada vez melhor.
MAIS: Para ver essa nova amostragem do IBGE sobre Tabira, clique aqui.
Fonte: Viva Tabira

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Câmara de Tabira vota hoje orçamento de R$ 36 milhões para 2012

 
Este ano, a LDO só recebeu duas emendas

A Câmara de Vereadores de Tabira deverá aprovar hoje, em segunda votação, o Orçamento da Prefeitura de Tabira para o próximo ano. A proposta de investimentos, encaminhada pela administração municipal está na Ordem de R$ 36.640.200,00 (trinta e seis milhões, trezentos e sessenta e quatro mil e duzentos reais).
A proposta Orçamentária foi encaminhada pela Prefeitura para a apreciação do Legislativo municipal no início de outubro. Os vereadores também vão discutir as emendas, sendo que a principal delas é dos vereadores Tadeu Sampaio, Edmundo Barros e Genedy Brito, que especifica os valores destinados exclusivamente a subvenções sociais para as seguintes entidades, com seis respectivos valores:
  • NAOC – Núcleo Assistencial Orlando Celso – R$ 800,00
  • Lar do Idoso – Nossa Senhora dos Remédios – R$ 800,00
  • ADET – Associação dos Deficientes de Tabira – R$ 1.000,00
  • AMURT – Associação das Mulheres Urbanas e Rurais de Tabira – R$ 500,00
  • Club Desportivo – R$ 500,00
  • S.A.A.T – Sociedade Assistencial Amigos de Tabira – R$ 500,00
  • São Vicente de Paula – R$ 500,00
  • Instituto Brayner – Filantrópica- R$ 500,00
  • UEST – União dos Estudantes Secundaristas de Tabira – R$ 500,00
  • A.P.P.T.A – Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira – R$ 500,00
Do total previsto para o orçamento, a maior fatia vai para a Educação, com dotação de mais de R$ 11 milhões. O setor de saúde fica com a segunda maior dotação em 2012, com R$ 8,8 milhões. O Legislativo terá orçamento de R$ 1,2 milhão em 2012. Confira, abaixo, as despesas por unidade orçamentária, que ficou distribuída da seguinte forma:
  • Câmara Municipal de Tabira – R$ 1.270.180,00
  • Gabinete do Prefeito – R$ 642.263,00
  • Secretaria de Administração – R$ 3.297.998,00
  • Secretaria de Finanças – R$ 1.528.085,00
  • Secretaria de Educação – R$ 3.489.373,00
  • FUNDEB – Fundo Desenvolvimento do Ensino Básico – R$ 8.050.000,00
  • Fundo Municipal de Saúde – R$ 8.826.955,00
  • Secretaria de Ação Comunitária e Social – R$ 1.288.961,00
  • FMAS – Fundo Municipal de Assistência Social – R$ 400.041,00
  • Secretaria de Obras e Urbanismo – R$ 4.621.935,00
  • Secretaria de Agricultura/Abastecimento – R$ 876.110,00
  • Secretaria de Cultura, Artes, Desportos – R$ 1.972.617,00
  • Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos – R$ 78.618,00
  • Secretaria de Juventude e Meio Ambiente – R$ 297.064,00
Fonte: blog: Tabira hoje: http://www.tabirahoje.com.br/

domingo, 13 de novembro de 2011

Vice prefeito participa da abertura da IV conferência da criança e adolescente

O vice-prefeito de Tabira Joel Marianoparticipou nesta quinta-feira (10/11) da abertura da IV conferência municipal da criança e do adolescente. O evento aconteceu no polo de educação a distância, na Jureminha, e teve ainda as participações da secretária de ação social Nicinha, do vereador Tadeu Sampaio, da secretária de administração Roberta Costa, da presidente do CMDCA Luzinete Pereira, Maria de Lourdes, secretária do CMDCA, da vice presidente do CMDCA Laudicéa Barros, e Ailson Alves, representante do conselho tutelar.


Escrito Por Joel Mariano, às 04:15

Vinda do Bradesco para Tabira, é sinal que o município se desenvolve

A direção do Bradesco anunciou nesta semana que trasnformará o posto avançado do município   em agência bancária, a qual  está previsto para inaugurar ainda este mês. Funcionando nos últimos 20 anos   com apenas uma agência do Banco do Brasil, a vinda do Bradesco é um sinal inconteste de que Tabira se desenvolve, por isto muitos investimentos são realizados no município, inclusive o surgimento de um novo banco, sonho antigo da população.





Escrito Por Joel Mariano, às 05:23 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Os Mandamentos De Como Viver Bem Com Os Outros


 PRIMEIRO MOMENTO – FAÇA UMA AUTOCRÍTICA APONTANDO SUAS FALHAS E QUALIDADES. DESCREVA QUAL DEVERIA SER O SEU COMPORTAMENTO PARA MELHORAR SUA MANEIRA DE AGIR. LEIA ABAIXO E ANALISE. OS MANDAMENTOS DE COMO VIVER BEM COM OS OUTROS RESPEITAR O PRÓXIMO COMO SER HUMANO.


1. Evitar cortar a palavra de quem fala; esperar a sua vez.

2. Controlar as suas reações agressivas, evitando ser indelicado ou mesmo irônico.

3. Procurar conhecer melhor os membros do seu grupo, a fim de compreendê-los e de

4. se adaptar à personalidade de cada um. Procurar a causa de suas antipatias, a fim de vencê-las.

5. Estar sempre sorridente.

6. Procurar definir bem o sentido das palavras, no caso das discussões em grupo, para 

7. evitar mal entendidos. Ser modesto nas discussões; pensar que talvez os outros tenham razão e, se não,

8. procurar compreender-lhes as razões. Tenha controle de sua língua. Sempre diga menos do que pensa. Cultive uma voz

9. Baixa e suave. A maneira como se fala, muitas vezes impressiona muito mais do que aquilo que se fala. Pense antes de fazer uma promessa e depois não dê importância ao que lhe custa.

10. Nunca deixe passar uma oportunidade para dizer uma coisa meiga e animadora a uma

11. pessoa ou a respeito dela. Tenha interesse nos outros, em suas ocupações, seu bem estar, seus lares e

12. famílias. Seja alegre com os que riem e lamente com os que choram. Deixe cada pessoa com quem encontrar sentir que você lhe dispensa importância e atenção. Seja alegre. Conserve para cima os cantos da boca. Esconda as suas dores, seus

13. Desapontamentos e inquietações sob um sorriso. Ria de histórias boas e aprenda a contá-las. Conserve a mente aberta para todas as discussões. Investigue mas não argumente. É

14. marca de ser superior discordar e ainda conservar a amizade. Deixe as suas virtudes falarem por si mesmo e recuse a falar das faltas e fraquezas

15. Dos outros. Desencoraje murmúrios. Faça uma regra de só falar coisas boas aos outros. Tenha cuidado com os sentimentos dos outros. Gracejos e humor não valem a pena e

16. Freqüentemente magoam quando menos se espera. Não faça questão com observações más a seu respeito. Só viva de modo que 


17. Ninguém as acredite. Nervosismo e indigestão são causas comuns ao mal entendido. Não seja tão ansioso a respeito de seus direitos. Trabalhe, tenha paciência, conservar 18. seu temperamento calmo, esqueça de si mesmo e receberá sua recompensa.

2.      CONTROLE DE SI MESMO: Para muitos o controle de si mesmo é difícil, inicialmente, mas aos poucos se torna um hábito muito útil para melhorar as relações humanas. CONHECER A SI MESMO Antes de culparmos os outros, numa situação conflitiva, é recomendável analisar-se com o cuidado necessário, a fim de verificar se a causa do atrito não provém de nosso próprio temperamento ou da nossa formação. É importante sabermos se somos tímidos, introvertidos, reservados ou se, pelo contrário, somos sociáveis, amáveis, serviçais e afetivos, ou ainda, agressivos, combativos, enérgicos e autoritários. Existem pessoas que reúnem todos esses temperamentos, dependendo apenas das circunstâncias e do momento. O INSTINTOCOMBATIVO O instinto combativo pode levar, por exemplo, à formação de grupo individuais com o único fim de lutar contra outros.

3.      CORDIALIDADE E HARMONIA:  Consideremos a responsabilidade que nos cabe na manutenção 
da harmonia e da • cordialidade que devem existir dentro do grupo. Tudo o que diz respeito aos outros é importante. • Podemos abrir um crédito aos companheiros, mas é bom evitar demasiada intimidade • quando não se conhece profundamente a pessoa. Procuremos receber bem o colega que se inicia no grupo. • FALAR E OUVIR Procure não participar de contendas verbais, principalmente sobre política e • religião, afinal cada um tem o direito de ter sua opinião. Evitemos o “disse-que-disse”, convém obtermos informações na fonte de origem. • Procuremos ouvir aos outros com a atenção que gostaríamos que nos ouvissem. • SENTIMENTOS E EMOÇÕES Procuremos não falar ou agir sob pressão emocional; o melhor é acalmarmo-nos • primeiro. Evitemos andar sempre nos queixando de coisas, fatos ou pessoas. • Quando com as explosões, lembre-se: elas podem nos “queimar” também. • Procuremos não deixar que nossas decisões ou juízos se baseiem em simpatias ou • antipatias pessoais.

“SE VOCÊ ACHA QUE AINDA ESTÁ FALTANDOALGUM PONTO PARA MELHORAR, VOCÊ TEM BASTANTE POSSIBILIDADE PARA ISSO, BASTA CONHECER A SI MESMO.”

domingo, 6 de novembro de 2011

DEFICIENTE VISUAL QUE NASCEU EM SÃO JOSÉ DO EGITO É O NOVO SECRETÁRIO NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

 Um cego de origem humilde, nascido na cidade de São José do Egito, é o novo Secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência e nesta condição está percorrendo todas as capitais do país para divulgar as ações do órgão que dirige.
Ele se chama Antonio José Ferreira e sexta-feira passada esteve em Boa Vista, capital de Roraima, e se reuniu com um conterrâneo que não conhecia e tampouco sabia que morava lá há quase 40 anos: o prefeito Iradilson Sampaio(PSB).

Ferreira viajou a convite do Ministério Público para participar de uma reunião patrocinada pelo Centro Operacional de Apoio às Procuradorias e Promotorias de Justiça.
O evento foi aberto ao público e teve entre os convidados representantes das Associações Anjos de Luz e dos Deficientes Visuais de Roraima e do Colegiado das Associações das Pessoas com Deficiência.
Em seguida ele se reuniu com o prefeito Iradilson Sampaio e o governador José Anchieta Júnior (PSDB).
Antônio José Ferreira também é vice-presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) e já presidiu a Organização Nacional dos Cegos do Brasil.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Gravataí será em agosto

logotipo da conferência - Arte: Secom/PMG

23/07/2010
População está convidada a contribuir para os debates sobre o tema


A Prefeitura de Gravataí, através da Assessoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (APPPD) e em parceria com o Conselho de Direitos da Pessoa com Deficiência, realiza em agosto a Terceira Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

O tema central de debate é ‘Inclusão com qualidade de vida’, que permite a abordagem dos eixos temáticos de Educação, Saúde, Trabalho e assistência social e Esporte, turismo e lazer.

Em datas anteriores ao evento, a Assessoria promove quatro pré-conferências nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

O primeiro ocorre no Centro do Barro Vermelho, no dia 28 de julho, às 9h30. O segundo, será no CRAS Centro, no dia três de agosto, a partir das 15h30. No dia quatro de agosto, serão realizadas as pré-conferências nos CRAS Cohab's, às 9h, e Barnabé, a partir das 13h30.

A assessora de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Míriam Barbosa, justifica a importância dessa medida: “Queremos divulgar o encontro para as pessoas com deficiência, usuárias dos Centros que, às vezes, não têm conhecimento sobre a possibilidade de opinar sobre suas demandas”. Escolas municipais e postos de saúde e entidades também serão convocados para fazer parte das discussões na Conferência.

Míriam Barbosa destaca ainda que toda a atual gestão municipal tem como objetivo ouvir a comunidade e saber de suas necessidades. Por isso, é fundamental que pessoas com deficiência, entidades e envolvidos com a causa aproveitem a oportunidade para participar da elaboração das propostas políticas referentes ao tema. Essas propostas serão formuladas dentro de cada um dos quatro grupos temáticos da Conferência. Depois, redigidas em texto único que será base para as diretrizes do próprio Município e que será encaminhado à Terceira Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficência, que ocorre nos dias 13 e 14 de setembro.

A Segunda Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência ocorreu em 2008 e aprovou diversas resoluções de viabilização da acessibilidade das pessoas com deficiência. Gravataí também promoveu uma avanço importante ao determinar monitores para os estudantes com deficiência matriculads nas escolas do Município.

A Conferência Municipal tem como propósito organizar as políticas públicas executadas na área até 2012, quando ocorre a próxima edição do encontro. Na data, ainda acontecem eleições para os 14 delegados que representarão Gravataí na Conferência Estadual.

O evento ocorre no dia 11 de agosto (quarta-feira), das 8h30 às 17h, na Facensa (José Loureiro da Silva, 1991, Centro) e é aberto à população. Mais informações podem ser solicitadas através da assessoria, pelo telefone 4001-3715.

Confira o cronograma da Conferência
:
8h30 – Credenciamento

9h – Abertura oficial

9h30 – Palestrantes
Humberto Lippo Pinheiro – Sociólogo e professor da Ulbra/Canoas;
Aurelise Braun – Pedagoga, Orientadora educacional, especialista em Psicologia Organizacional e Gestão de Pessoas, Instrutora da AGAS;
Carmen Bez Batti – Nutricionista, especialista em Humanização da Atenção e Gestão do SUS, representante Municipal do Comitê Regional de Humanização.

12h – Intervalo para almoço

13h30 – Grupos de trabalho

15h – Apresentação dos grupos

15h30 – Votação das propostas

16h30 – Escolha de delegados

17h - Encerramento

Redação
Fones: (51) 4001 3271 - 4001 3272 - 4001 3267


Fonte: Prefeitura de Gravataí