sábado, 19 de novembro de 2011

Tabira em números: IBGE divulga novos dados do Censo 2010

O IBGE divulgou hoje, quarta-feira, dia 16, novos dados do Censo 2010. Apesar de Tabira apresentar algumas melhoras em relação há 10 anos atrás, o nosso quadro, como o da maioria das cidades do Sertão, ainda é marcado pela desigualdade e a falta de acesso a serviços e direitos básicos, como saneamento e educação. Vejamos alguns dados:
POPULAÇÃO E GÊNERO
Em 2010, Tabira possuía um total de 26.427 pessoas residentes em domicílios no município.
Gênero. O sexo feminino ainda é ligeiramente predominante na nossa cidade: 13.460 são mulheres (50,93%) e 12.967 são homens (49,07%).
Zona urbana e rural. A grande maioria continua a viver e migrar para a sede do município. 19.769 de pessoas (74,8%) moram na zona urbana, enquanto 6.658 pessoas (25,2%) moram na zona rural.
MORADIA
Em 2010, Tabira possuía 7.952 domicílios particulares permanentes (feitos pra se habitar e que na época do Censo servia de moradia a alguém).
Casa própria. Note-se que parte considerável das famílias tabirenses ainda não conquistou o sonho da casa própria: 1.324 desses domicílios são alugados.
Energia elétrica. Apenas 79 dos domicílios não possuíam energia elétrica. Avançamos muito! O dado demonstra que falta pouco para a energia elétrica ser um serviço ao alcance de todos na cidade.
Saneamento básico. Ainda é preocupante a situação de certas famílias nesse quesito. Dos domicílios que possuem banheiro, 290 utilizam fossa séptica (veja aqui uma) para esgotar os dejetos, enquanto 973 ainda utilizam fossa rudimentar (é um buraco, um fosso, sem qualquer cuidado).  
Fossas sépticas são bastante indicadas para uso na zona rural, sendo uma maneira simples e barata de tratar o esgoto, desde que tomados os cuidados devidos. Já as fossas rudimentares são um atentado a saúde das pessoas e deve-se providenciar urgentemente uma solução emergencial ou definitiva a essas famílias.
Um dado complementar: hoje, 691 dos domicílios tabirenses não têm banheiro ou sanitário. No ano 2000 esse número era ainda mais desesperador: dos 6.187 domicílios ocupados no município, 1.573 não tinham nem banheiro nem sanitário, ou seja, mais de 25% das casas não dispunham de um local adequado para se fazer as necessidades mais básicas de um ser humano.
EDUCAÇÃO
Os dados de educação são especialmente relacionados com a alfabetização dos tabirenses. Vejamos a quantas anda nossa cidade nesse quesito:
Analfabetismo. Em 2010, entre as pessoas com mais de 10 anos de idade, Tabira contabilizava 4.667 analfabetos, ou seja, 21,3% da população nessa faixa etária é analfabeta. Conseguimos um avanço considerável, tendo-se em conta que no ano 2000 a taxa de analfabetismo em pessoas com mais de 10 anos de idade era de 27,2%.
Analfabetismo na juventude. Entre os jovens com idade entre 10 e 25 anos, o analfabetismo atinge 9,36% da nossa rapaziada. Sabendo-se que essa é a faixa etária onde mais se investe em educação, o volume de jovens analfabetos é preocupante: de cada 100 jovens, 10 são analfabetos em Tabira.
Conforme o IBGE vá divulgando novos dados, sempre comentaremos aqui no blog sobre os números publicados. Os números não traduzem com fidelidade absoluta a realidade, mas nos dão ótimos sinais de como e onde podemos investir para termos uma cidade cada vez melhor.
MAIS: Para ver essa nova amostragem do IBGE sobre Tabira, clique aqui.
Fonte: Viva Tabira

Nenhum comentário: