quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

ALAN DIAS REAFIRMA SAÍDA E GARANTE DEIXAR SAÚDE MELHOR DO QUE RECEBEU DO GOVERNO DINCA

Fazendo suas despedidas como Secretário de Saúde do Governo Sebastião Dias, já que antecipou logo após a reeleição do prefeito de Tabira que não continuaria para o segundo mandato, Alan Dias falou a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM.
Ele disse que apesar das dificuldades, pois não se faz saúde sem recursos, deixa a pasta melhor do que a herança recebida da gestão anterior (Dinca). Provocado a falar sobre a nota de 30 dias atrás do Ministério da Saúde colocando Tabira em situação de risco para surto de dengue, chikungunya e zika, o Secretário não negou.
Admitiu surto de dengue e pôs a culpa em falta de insumos fornecidos pelos governo Federal e Estadual durante longo período e admitiu dois casos de microcefalia nos últimos 12 meses.
Alan considerou avanços a reforma do hospital, a compra de equipamentos, a construção de UBSs, ampliação da frota da saúde, pagamento do 13º e salários de dezembro até o final do ano e prometeu para a próxima gestão plantonistas de 12 e 24 horas no Hospital.  O gestor de saúde também reconheceu que deixou a desejar em alguns aspectos.
Alan não deu pistas de quem será o seu substituto, mais admitiu as especulações existentes em torno dos nomes de Maria José (Zeza), diretora do Hospital Municipal, do vereador eleito Marcílio Pires, da ex-vereadora Maria do Carmo, do Grupo de Paulino ou alguém do grupo do ex-prefeito Mano.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

CAMPANHA NATAL SOLIDÁRIO 2016 ENTREGA 689 CESTAS BÁSICAS Á PESSOAS CARENTES.


Nesta manhã de sábado, 24/12 O Núcleo Assistencial Orlando Celso (NAOC) e A Comissão do Natal Solidário 2016, realizaram a XI Campanha do Natal Solidário em TABIRA, foram entregues 689 cestas básicas á pessoas carentes dos bairros, povoados e zona rural do nosso município, tudo resultado de uma grande equipe.
"Nosso objetivo foi alcançado. Ajudamos a um número expressivo de famílias, que terão um Natal especial e mais digno.
Agradecemos a todos os parceiros pelo empenho e aos Amigos que compreenderam a importância do Projeto" afirma o presidente do NAOC Joselito Rodrigues junto a Comissão.
Outras Campanhas virão e se Deus quiser estaremos juntos outra vez.
Vamos em frente, porque Deus está presente.




Um fraterno abraço e Um Feliz 2017!
A
Comissão.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

O PATRIMÔNIO É NOSSO! PERNAMBUCO SE RENDE AO TALENTO DE DEDÉ MONTEIRO

dede-monteiro-2
Os tabirenses aguardavam com ansiedade a escolha de quem seria o Patrimônio Vivo da Cultura de Pernambuco porque um ilustre filho concorria à tamanha honraria: Dedé Monteiro, o Papa da poesia.

Na tarde dessa quinta-feira (15), o resultado foi divulgado e alegria foi grande. Tudo começou quando as poetisas Andrea Miron e Belinha inscreveram o Poeta Dedé para concorrer à indicação.
Depois disso foi feita uma grande coleta de material do nosso poeta que provavam a sua importância para a Cultura pernambucana. A defesa foi feita no dia 24, no Museu do Estado.
Nessa quinta houve a eleição e, por unanimidade, Dedé Monteiro foi escolhido Patrimônio Vivo da Cultura de Pernambuco. Depois do resultado divulgado, as manifestações foram imediatas nas redes sociais e o que se via era um orgulho danado pelo reconhecimento, mais que merecido, do nosso mestre Dedé Monteiro.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

ELEITOS SÃO DIPLOMADOS EM TABIRA

Nesta quarta feira 14/12, a produção dos blogs trajandocidadania e sertão acessível se fez presente na Câmara Municipal de Vereadores na solenidade de posse dos novos eleitos (Prefeitos e Vereadores) das cidades de Solidão e Tabira.

A abertura do evento foi realizado pela Mestre de Cerimonia Silva Magalhães iniciando os trabalhos, depois de composta a mesa fizeram o uso da palavra: O Dr. Hildeberto Junior da Rocha Silvestre, em Seguida A Promotora de Justiça do Município, Drª. Manoela Poliana e por fim O Chefe do Cartório do Município, o Sr. Tiago Bandeira Campelo.

Depois de ser feita a diplomação dos eleitos da cidade de Solidão, foi a vez de Tabira na Seguinte Ordem, receberam o diploma de eleitos para o quadriênio 2017/2020.

Prefeito: Sebastião Dias Filho
Vice-Prefeito: José Amaral

Vereadores:

Dr. Allan Xavier
Dr. Aristóteles Monteiro
Djalma das Almofadas
Edilson Oliveira da Silva - Dicinha do Calçamento.
Kleber Pereira
Heleno Aldo de Santana
José Carlos Meneses
Marcilio Pires
Marcos Crente
Drª. Claudiceia Rocha e 
Drª. Maria Nelly

1º - Suplentes: Maria Amaral, Edmundo Barros e Gilverlandio Ferreira

2º - Suplentes: Aristóteles Marques, Deja Brandino e Valdir França

3º - Suplente: Augusto Freitas, Maria Luzinete e Tadeu Sampaio.

A seguir algumas Fotos:


 

















 








































Por Heleno Trajano.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

DIPLOMAÇÃO DE SEBASTIÃO DIAS ACONTECE NESSA QUARTA 14, MAS OPOSIÇÃO AINDA CORRE ATRÁS PARA IMPEDIR O ATO



Em Tabira, a eleição de 2 de outubro ainda não passou e continua rendendo. O Prefeito reeleito Sebastião Dias está convidando a população para prestigiar a solenidade de diplomação dos eleitos.
O evento está marcado para essa quarta-feira, dia 14, às 10h da manhã, no plenário da Câmara dos Vereadores de Tabira. Serão diplomados o Prefeito Sebastião Dias, o Vice-prefeito José Amaral, vereadores e suplentes.
Paralelamente a essa expectativa está a oposição que, segundo informações, tenta judicialmente cancelar o evento por conta das pendências do vice Zé Amaral no Estado da Paraíba que acabaram vindo à tona durante a campanha.
A informação que chegou à Redação do Radar é que foi dado o prazo até essa segunda-feira (12) para a defesa de Zé Amaral apresentar a documentação que prove que ele está apto para ser diplomado. Caso contrário, a oposição poderá realmente jogar um balde de água fria na festa de diplomação dos eleitos.

Fonte: http://radardosertao.com/


domingo, 11 de dezembro de 2016

FAÇA SEU EXAME DE VISTA NA JOIÓTICA LUMAN.


Faça a alegria dos seus olhos!

Veja bem e melhor, faça sua consulta e exames de vista na Joiótica Luman, essa sim, cuidou da sua visão ontem, hoje e cuidará também amanhã, Joiótica Luman, dessa eu sou fã...

Venha hoje mesmo fazer a sua consulta, cuide agora do bem mais precioso da sua vida, a sua visão, veja melhor, sinta-se bem mais bonita, com o empreendimento que agita e que todo mundo imita, mais não faz igual.

Dê um presente a você mesmo neste Natal, mude o astral, mude os planos, faça diferente e vem com a gente!

Joiótica Luman, cuidando do seu amanhã!!!


Organização: Lucas e Ângela




sábado, 3 de dezembro de 2016

03/12 - DIA NACIONAL DE LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA CHAMA ATENÇÃO PARA INCLUSÃO.


De acordo com o Censo 2010, mais de 45 milhões de brasileiros possuem pelo menos um tipo de deficiência, representando quase um quarto da população
Poucos dias após o fim da Paralimpíada Rio 2016, o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é comemorado nesta quarta-feira (21). A data chama a atenção, novamente, para a inclusão das pessoas com deficiência, quase um quarto da população brasileira.
O Dia Nacional foi instituído por iniciativa de movimentos sociais, em 1982, e oficializado pela Lei Nº 11.133, de 14 de julho de 2005. A data foi escolhida para coincidir com o Dia da Árvore, representando o nascimento das reivindicações de cidadania e participação em igualdade de condições.
Ações especiais do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência ocorrerão em todos os Estados, como entrega de documentos com reivindicações, seminários e eventos culturais.

DIREITOS
Em 2008, o Brasil ratificou a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e o Protocolo Facultativo, e o documento obteve aqui equivalência de emenda constitucional. Da convenção, surgiu a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), que trata os objetivos de forma mais concreta e entrou em vigor em janeiro deste ano.
Alguns artigos que ainda precisam de regulamentação são prioridades da gestão, informa Rosinha da Adefal, Secretária Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério da Justiça e Cidadania (Sepd/MJC).
Facilitar o acesso a órteses e próteses, além de aumentar a acessibilidade urbana e na comunicação, são outras metas da secretaria, cujo trabalho é articular o que está previsto em lei com as pastas responsáveis.
“Até 2008, fazíamos avaliação da deficiência só com olhar médico. [...] Com o conceito de deficiência pela convenção, não é só a deficiência pura e simplesmente, mas o contexto em que ela vive vai fazê-la mais ou menos limitada”, explica a secretária.
Um grande desafio, lembra Rosinha, é aplicar as ações em todo o País, muito extenso e diverso. “Às vezes, conseguimos, tal qual está na lei, resolver um grande problema de acessibilidade, mas é pontual, devido a questões geográficas e culturais.”
Segundo a secretária, o governo está trabalhando no redesenho do Plano Viver sem Limite e no fortalecimento de uma política pública permanente. Também fruto da convenção, o plano prevê políticas governamentais de acesso à educação, inclusão social, atenção à saúde e acessibilidade.

INSERÇÃO NA SOCIEDADE
De acordo com o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 45 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência.
Nas escolas, segundo dados do Ministério da Educação (MEC), o acesso de pessoas com deficiência aumentou 381% entre 2003 e 2014. Nesse intervalo, o número de matrículas de PCDs saltou de 145.141 para 698.768.

ESPORTE
A Paraolimpíada Rio 2016 é um marco na luta e na história do esporte brasileiro. Nesta edição, participaram 287 atletas (185 homens e 102 mulheres) em 22 modalidades, a maior delegação já enviada pelo País. Os atletas conquistaram 72 medalhas, outro recorde para o Brasil – 67% a mais do que na edição anterior, em Londres.
Os números da bilheteria também impressionam: foram vendidos 2,1 milhões de ingressos no total, segunda maior venda da história da Paralimpíada, mostrando o interesse do brasileiro pela diversidade e inclusão por meio do esporte.
Para a secretária, a Paralimpíada deixa dois grandes legados: o urbano, do investimento em transportes, mobilidade e acessibilidade; e o comportamental, que mostra que as pessoas com deficiência são dignas de respeito e admiração pelas suas vitórias.
“A Paralimpíada trouxe visibilidade para nossa eficiência, qualidades, dons e conquistas. E não só no momento da medalha, mas também na vida comum, que traz grandes conquistas”, comemora Rosinha, lembrando da grande quantidade de crianças que frequentaram as competições. “A médio e longo prazo, teremos uma sociedade muito mais inclusiva.”


Por Heleno Trajano.