sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

NOVA IDENTIDADE TERÁ CHIP E VIRÁ EM JANEIRO / 2011.


A documentação dos brasileiros vai passar por mudanças. Tanto a carteira de identidade, o passaporte, o CPF e a carteira de motorista são alguns dos documentos que passarão a ter o mesmo número de registro.

Essa é a prerrogativa da Lei 12.058 que autorizou a elaboração de um registro civil único que foi sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Com isso, o cidadão terá o número único de registro de identidade civil, válido para os brasileiros natos e naturalizados o que será válido dentro de um ano. O Poder Executivo terá 180 dias para regulamentação.

Com a implantação do Afis (sigla em inglês do Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais), a intenção é gerar um número nacional para todos os brasileiros.

Isso também vai facilitar, já que hoje, cada órgão produz um número diferente de carteira de identidade, o que possibilita uma pessoa a emitir o documento em diferentes regiões. Agora, as impressões digitais serão encaminhadas para o INI, que fará um único banco de dados.

O Chip. A novidade.

O novo RG vai ser do tamanho de um cartão de crédito e também vai ter o chip, que armazena todas as informações da pessoa e também as impressões digitais.

A informação não é uma tinta, então nenhum reagente químico pode alterá-la, todos os dados são gravados a laser no corpo do documento.

A proposta é que, em nove anos, todos os cidadãos já estejam munidos da nova identidade assim acabando com o todos os problema de homônimos (pessoas que têm o mesmo nome e números de registro diferentes), e principalmente com as fraudes.

Sem contar, que com esse sistema mais moderno de identificar o cidadão, muitas outras facilidades virão como os enormes espaços reservados na carteira para guardar os documentos!i

domingo, 26 de dezembro de 2010

TABELA DE PAGAMENTO DE BENEFICIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - 2011.

Os idosos com 65 anos de idade ou mais e as pessoas portadoras de deficiência, enquadradas na Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), também devem seguir o novo calendário. Quando houver feriado estadual ou municipal, o pagamento do benefício será feito no dia útil seguinte.

Para saber o dia de pagamento, os beneficiários devem observar o último número do seu benefício (excluindo o dígito) ou, no caso de concessões novas, o final do Número de Identificação do Trabalhador (NIT).

FINALTabela de Pagamento de Benefício 2011
Para benefícios até 1 salário mínimo
dez/10jan/11fev/11mar/11abr/11mai/11jun/11jul/11ago/11set/11out/11nov/11dez/11
123/dez25/jan22/fev25/mar25/abr25/mai24/jun25/jul25/ago26/set25/out24/nov26/dez
227/dez26/jan23/fev28/mar26/abr26/mai27/jun26/jul26/ago27/set26/out25/nov27/dez
328/dez27/jan24/fev29/mar27/abr27/mai28/jun27/jul29/ago28/set27/out28/nov28/dez
429/dez28/jan25/fev30/mar28/abr30/mai29/jun28/jul30/ago29/set28/out29/nov29/dez
530/dez31/jan28/fev31/mar29/abr31/mai30/jun29/jul31/ago30/set31/out30/nov30/dez
63/jan1/fev1/mar1/abr2/mai1/jun1/jul1/ago1/set3/out1/nov1/dez2/jan
74/jan2/fev2/mar4/abr3/mai2/jun4/jul2/ago2/set4/out3/nov2/dez3/jan
85/jan3/fev3/mar5/abr4/mai3/jun5/jul3/ago5/set5/out4/nov5/dez4/jan
96/jan4/fev4/mar6/abr5/mai6/jun6/jul4/ago6/set6/out7/nov6/dez5/jan
07/jan7/fev10/mar7/abr6/mai7/jun7/jul5/ago8/set7/out8/nov7/dez6/jan
FINALTabela de Pagamento de Benefício 2011
Para benefícios acima de 1 salário mínimo
dez/10jan/11fev/11mar/11abr/11mai/11jun/11jul/11ago/11set/11out/11nov/11dez/11
1 e 63/jan1/fev1/mar1/abr2/mai1/jun1/jul1/ago1/set3/out1/nov1/dez2/jan
2 e 74/jan2/fev2/mar4/abr3/mai2/jun4/jul2/ago2/set4/out3/nov2/dez3/jan
3 e 85/jan3/fev3/mar5/abr4/mai3/jun5/jul3/ago5/set5/out4/nov5/dez4/jan
4 e 96/jan4/fev4/mar6/abr5/mai6/jun6/jul4/ago6/set6/out7/nov6/dez5/jan
5 e 07/jan7/fev10/mar7/abr6/mai7/jun7/jul5/ago8/set7/out8/nov7/dez6/jan

sábado, 25 de dezembro de 2010

FILME CONTA HISTÓRIA DE MOVIMENTO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.

BRASÍLIA - A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, por meio da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, lança o documentário História do Movimento Político das Pessoas com Deficiência. Será às 19h no Museu da República, em Brasília.


Inédito, o projeto tem por objetivo sistematizar as informações e criar um acervo do movimento da luta pelos direitos das pessoas com deficiência para resgatar e preservar sua história. O projeto foi desenvolvido em parceria com a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

CIDADANIA DIREITO DE TODOS!

A cidadania é direito de todos, mas ainda nem todos podem exercê-la. As pessoas com deficiência querem participar da sociedade em que vivem, respeitando e sendo respeitadas. A discriminação e o preconceito, aos quais diariamente expõem-se, impedem ou limitam que elas exerçam sua cidadania.

Ciente desta realidade, a ADET – Associação dos Deficientes de Tabira tem, dentre seus propósitos, a reconceitualização das idéias e posturas vigentes sobre a pessoa com deficiência, buscando com isto diminuir as barreiras impostas para a construção de uma sociedade plural, reconhecedora da singularidade dos indivíduos e que valorize a diversidade humana.

Para isto, a ADET, vem sensibilizando a sociedade e gestores públicos com vista a assegurar os direitos das pessoas com deficiência, possibilitando, assim, que usufruam em condições de igualdades dos bens e serviços sociais.

A ADET, com o intuito de promover a inclusão social deste seguimento, acredita que criar oportunidades às pessoas com deficiência é permitir que possam viver independentes, com dignidade e autonomia, sendo artífices de seus projetos de vida.

Fundamentada nessas premissas, a ADET tem como atribuição coordenar, articular, propor, assessorar, e avaliar a implantação e execução no âmbito do município, das políticas e ações, governamentais e não-governamentais, relativo à pessoa com deficiência.

A existência de uma Entidade como a ADET (acreditamos) faz diferença nas ações deste município.

A Diretoria da ADET.


Heleno Trajano - !º Secretário (Gestão 2010/2012)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

DIA DO DEFICIENTE VISUAL ALERTA PARA A CEGUEIRA INFANTIL

Glaucoma congênito ou infantil, que lidera o ranking, pode já estar presente no nascimento ou surgir nos primeiros anos de vida. É uma condição causada por má formação, levando ao aumento da pressão do olho. "Os sintomas clássicos são lacrimejamento, crescimento do diâmetro ocular, fotofobia, espasmos e edema corneano. O crescimento do globo ocular só ocorre quando a doença inicia-se em crianças de até três anos. A partir daí o surgimento do glaucoma não causa sintomas tão evidentes, mas a cegueira é inevitável sem o acompanhamento adequado", destaca a especialista.

O tratamento deve ser indicado imediatamente após o diagnóstico, que ocorre até o primeiro ano de idade em 80% dos casos. Colírios funcionam apenas como terapia coadjuvante e merecem grande atenção no que diz respeito aos efeitos colaterais. "Os alpha-agonistas, por exemplo, não devem ser prescritos aos recém-nascidos, sendo utilizados apenas em crianças com mais de quatro anos de idade", orienta Larissa Pedroso. A primeira opção cirúrgica para pacientes acima de um ano de idade é a trabeculectomia, que consiste na drenagem e no alívio da pressão intra-ocular.

A patologia também pode ser originada de causas externas, sendo uma das mais comuns o uso indiscriminado de medicamentos à base de corticosteróides, amplamente usados para o controle das alergias, da asma e das doenças reumatológicas. É fundamental o controle periódico da pressão intra-ocular em crianças sob longos tratamentos com corticosteróides.

Uma criança que possui uma doença ocular grave como o glaucoma congênito terá melhor prognóstico visual e melhor qualidade de vida o quanto antes receber o tratamento adequado. O resultado em longo prazo tem melhorado com o aprimoramento das técnicas e materiais cirúrgicos, além da melhora na qualidade dos medicamentos. "Cabe ainda destacar a importância do pré-natal e da avaliação oftalmológica em todos os recém-nascidos", conclui a oftalmologista.

Fonte: http://www.minhavida.com.br

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

ADET - ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA - ANO 2010 (EDITAL DE CONVOCAÇÃO)

Aos Sócios da ADET - Associação dos Deficientes de Tabira,

Membros da Diretoria,
Membros do Conselho Fiscal e Colaboradores,

Prezados (as) Senhores (as),

O presidente da ADET no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo seu Estatuto Social, tem a grata satisfação de convidar todos para participarem da Assembléia Geral Ordinária, conforme o artigo 21 do capítulo VI do seu Estatuto, a realizar-se em local, data e horário abaixo indicados, em primeira convocação com a presença da maioria dos sócios e em segunda convocação, com qualquer número de sócios presentes, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:

I - Leitura dos balancetes: Financeiros do Ano - 2010.

II – Leitura das atividades da Entidade do Ano – 2010.

III - Outros Informes da Diretoria.

Local:
Sede Social - Rua Desembargador João Paes, 116 – Centro Tabira.

Data:
18 de Dezembro de 2010 (Sábado).

Hora:
Ás 15h00 (3 horas da tarde).

Atenciosamente,

Luiz Miguel da Silva.

Presidente

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

COMO SER UM LÍDER DE SUCESSO.

Aprendendo a usar as ferramentas certas para conquistar as vitórias.

Como ser um líder de sucesso.
**********************************
Segredo está na assertividade:

Mas o que é assertividade?


* Defender seus direitos de forma a não violar os direitos das outras pessoas.


* Expressar suas necessidades, desejos, opiniões, sentimentos e crenças de maneira direta, honesta e apropriada.


* Declarar com firmeza, confirmar, afirmar, tornar firme, fazer asserção.


* A postura assertiva é uma virtude e se mantém no meio termo entre dois extremos inadequados, um por excesso (agressão) e outro por falta(submissão).


* A Técnica assertiva aposta na mudança de comportamento PASSIVO ou AGRESSIVO para um comportamento MADURO E HONESTO.


* Uma pessoa assertiva vence pela influencia e negociação oferecendo ao outro a opção pela cooperação. Não oferece retaliações e estimula a comunicação de mão dupla, quando todos interagem e colocam seus pontos de vista.


* Sabe dizer SIM e NÃO quando preciso.

A pessoa assertiva tem:


AUTO-ESTIMA
origina-se da idéia que tem de si mesmo, depende da aceitação da confiança e do respeito que tem de si mesmo.


DETERMINAÇÃO
è uma energia que o impulsiona pra frente, a não desistir, a ter foco e clareza e sabe onde quer chegar.


EMPATIA
Coloca-se no lugar do outro, analisando vendo, sentindo e entendendo a mesma coisa que seu opositor.


ADAPTALIDADE
Adéqua seu estilo de comunicação independente de idade, nivel cultural ou racial.


AUTOCONTROLE
usa da racionalidade para gerenciar emoções, não perdendo o controle da situação

TOLERÂNCIA À FRUSTRAÇÃO
aceita que não se pode ouvir somente os SIMS , porque também existe os NÃOS, que são pertinentes e justos. Significa aceitar a diversidades humanas.

SOCIABILIDADE
É gostar de estar com pessoas, de se preocupar com o bem estar do outro, trata os outros com naturalidade e sem idéias preconceituosas.


A pessoa assertiva cria em si mesmo ideais:


AFIRMAR>
Deixa claro seus pontos de vista


PERSUADIR>
usa fatos, lógicas e razões para expressar suas opiniões enfatizando seus pontos fortes, antecipando objeções e qualquer ponto fraco e apela para razão.


CONSTRUIR PONTES
Extrai os pontos de vista do oponente demonstra que o entende e dá créditos a seus argumentos elogiando as boas respostas e dá sugestões delas unindo as suas.


ATRAIR
transmite seu entusiasmo por suas ideais faz as pessoas sentirem que participaram de um grande projeto que acaba de ser discutido.

Geralmente as pessoas que são assertivas:

A) São breves e diretas.

B) Fala por si mesmo

C) Seu ponto de vista é muito importante.

D) Distingue entre fatos e opiniões.

E) Tem a consciência que as pessoas têm pontos de vista diferentes das outras.

F) Se expressa de forma educada mas firme.

G) Solicita o mesmo tratamento que o seu, pois você também quer ser bem tratado.


COMO LIDAR COM PESSOAS AGRESSIVAS ?


1) Peça calmamente informações a respeito do que o está incomodando.


2) Declare claramente, e calmamente o que você acha da posição que foi por ele colocada.


3) Coloque-se no lugar dele, deixando claro que compreende seu ponto de vista, mas que voce entende que existe uma discordância naquilo em que ele acredita com o que voce percebeu e que de fato está acontecendo.


4) Se por um acaso a pessoa distratou e chegou a usar algum insulto por palavras, expresse sua indignação e peça o mesmo respeito a qual voce está dispensando a ela.


5) Se por uma acaso não chegar a um consenso peça para encerrar ali e voltar o assunto quando essa pessoa estiver em condições.

Sou o Jonas Duarte
Gerente de vendas
Um abraço e até mais...

Fonte: http://www.administradores.com.br

LIDERES INTELIGENTES SE DESTACAM COMO VOLUNTÁRIOS.

Por Cheri Swales, escritora convidada da Monster


A dedicação à empresa não é a única coisa que você deve levar em consideração ao desenvolver sua carreira. Os serviços voluntários podem ser uma parte importante do seu repertório de habilidades de liderança. Fazer contatos é a melhor maneira de melhorar o status da sua carreira e o voluntariado é uma das melhores oportunidades para fazer contatos.

Por que as pessoas prestam serviços voluntários?

As pessoas prestam serviços voluntários na comunidade por vários motivos. De acordo com a pesquisa nacional sobre doar, ser voluntário e participar que foi realizada no Canadá, as pessoas prestam serviços voluntários:
• Para ajudar uma causa na qual acreditam pessoalmente (95%).
• Para usar suas habilidades e experiências (81%).
• Porque foram pessoalmente afetadas ou conhecem alguém que foi afetado pela causa apoiada pela organização (69%).
• Para explorar o que elas têm de bom (57%).
• Porque seus amigos prestam serviços voluntários (30%).
• Para cumprir obrigações ou crenças religiosas (26%).
• Para melhorar suas oportunidades de trabalho (23%).
Alguns motivos adicionais para o serviço voluntário prestado pelos profissionais:
• Para fazer algo interessante e novo.
• Para promover seus negócios.
• Para fazer contato com pessoas influentes.
• Para praticar habilidades de liderança.
• Para passar a fazer parte da comunidade.
• Para ser reconhecido como um líder que retribui.
• Porque não se sentem realizados em suas posições atuais.
Independentemente do motivo, é bom para sua carreira arregaçar as mangas e ajudar.
O que deve ser considerado
• Analise seus interesses: você deseja trabalhar com crianças ou adultos? Você tem interesse em alguma causa específica?
• Avalie sua disponibilidade: determine quando você tem tempo disponível e quanto tempo você pode oferecer. Muitas reuniões de diretoria para organizações sem fins lucrativos são realizadas no início da manhã ou da noite, de modo que você não precisa faltar no trabalho.
• Considere a visibilidade: se quiser obter grande visibilidade ou trabalhar com profissionais influentes, pense em atuar em alguma diretoria ou comissão.
Faça contatos como voluntário
Quando estiver em ação, é importante seguir a etiqueta correta do serviço voluntário. Líderes inteligentes sabem que é ofensivo ser sociável de mais e passar por todas as pessoas sorrindo e cumprimentando. Seja sincero em suas iniciativas e evite passar a impressão de ser alguém ostensivo.
Os líderes sábios sabem que é necessário criar relações de confiança e credibilidade com outros membros da diretoria e voluntários antes de ganhar a recompensa. Ser voluntário envolve mais do que apenas aparecer nas reuniões. Compartilhe sua experiência para ajudar a organização a atingir metas ou preste serviço voluntário para aprender uma nova habilidade e beneficiar não só você, mas também a organização.
Encontre a oportunidade certa
Analise as necessidades da sua comunidade e pense em suas habilidades e talentos. Depois, crie sua própria conexão especial através de uma atividade assistencial ideal para você.
O Rei George VI disse: "A maior honra é servir os outros." Isso também pode ser uma boa maneira para levar sua carreira às alturas.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

FUNÇÃO SEXUAL E FERTILIDADE EM HOMENS APÓS LESÃO MEDULAR.

A matéria abaixo foi extraída do site Bengala Legal.

Fisioterapia Neurofuncional

Muitas pessoas associam lesão medular à perda da função sexual, particularmente em homens, mas na verdade, paralisia hoje em dia não significa mais o fim de relacionamento sexual ou da habilidade para a paternidade.

Cerca de metade dos homens com LM são incapazes de apresentar ou manter uma ereção sem ajuda e, 95% de ejacular, diz Dr. Richard E. Berger, professor do Departamento de Urologia e Co-Diretor do Centro de Reprodução Sexual da Clínica Médica da Universidade de Washington. Ambos os problemas, diz Berger, podem agora ser conduzidos de maneiras diferentes.

Talvez o mais simples método de produzir uma ereção seja o de usar uma bomba de vácuo que se adapte ao pênis e que traga sangue para dentro dele por meio de sucção.
Este método é muito efetivo e traz resultados satisfatórios em 80 a 90% dos homens que o utilizam, sendo que, além de tudo, é um método completamente não invasivo. Cuidados devem ser tomados para se evitar a formação do anel constritivo por mais de meia hora de cada vez, prevenindo assim, o risco de se formarem coágulos dentro do pênis.

"Uma bomba de vácuo custa, geralmente, menos do que US$500 (dólares)", diz Berger. A desvantagem é que o uso desse equipamento requer um planejamento e aptidão para usá-lo e alguns casais se sentem embaraçados para utilizar o equipamento. A bomba também pode causar hematoma no pênis se for bombeada com muita força ou por muito tempo.

Outro método para produzir uma ereção é injetar uma pequena quantidade de droga, usualmente a prostaglandina E-1, diretamente no pênis, para aumentar o fluxo sanguíneo. "Essencialmente, essa injeção faz o mesmo papel que os nervos fariam sobre os vasos sanguíneos" diz Berger. "Uma pequena agulha de insulina (da mesma utilizada pelos diabéticos) é utilizada no processo e, mesmo para homens com alguma sensação, não é muito doloroso."

Assim como no método de sucção/constrição, a dose da medicação deve ser ajustada para agir somente durante 30 minutos, para evitar o perigo de uma ereção muito prolongada. "As primeiras injeções são aplicadas numa clínica para que seja estabelecida a dosagem correta", diz Berger. Injeções no pênis podem ser utilizadas somente uma vez por dia e existe o risco de causar ferimento no pênis, por isso, Berger recomenda que elas não sejam usadas mais do que 2 vezes por semana. Muitos homens com LM preferem este método porque é mais rápido e não requer um equipamento aparatoso. A droga funciona em 60-70% dos casos em que é utilizada e custa cerca de US$10 a US$20 (dólares) por injeção, dependendo da quantidade usada em cada aplicação.

Se um homem com tetraplegia não tem a capacidade de operar uma bomba de vácuo, ou aplicar a injeção por si mesmo, sua companheira deverá aprender a fazer isso por ele. Muitos casais aprendem a incorporar esses recursos como parte do ato sexual e até descobrem que eles podem aumentar a excitação. Quando nem a bomba de vácuo e nem a injeção produzem os efeitos desejados os homens com LM podem optar por fazer um implante cirúrgico de um aparelho semi-rígido ou inflável no pênis. "Existem muitos tipos de implantes penianos mas, os que funcionam melhor para os homens que não possuem sensação são os que possuem um sistema de auto insuflação", diz Berger. Nestes sistemas, uma pequena bomba, usualmente localizada na ponta do pênis, insufla o implante com fluído quando a ereção é desejada. Na LM, a falta de sensação pode levar a um problema de erosão peniana que é uma lesão feita na pele, provocada pelo o implante, e que acontece devido a falta de sensibilidade local. Implantes que se tornam flácidos quando não estão em uso criam menos pressão sobre a pele e também menos risco de erosão.

Implantes penianos são também úteis para homens que tem problema com o uso de catéter de borracha e apresentam retração peniana. No entanto, a colocação de um implante peniano danifica o tecido erétil do pênis. Se um implante for removido, o tecido não funcionará tão bem como funcionava antes do implante ser colocado. "Implantes também são muito dispendiosos custando uma faixa de US$10.000 (dólares), ou mais, pelo implante e mais a cirurgia para colocá-lo", diz Berger. "Desta maneira, nós aconselhamos que sejam tentados outros métodos mais baratos e reversíveis em primeiro lugar".

Tecnologia e medicina podem tornar a relação sexual possível para homens com LM mas, o ato sexual em si não será o mesmo de antes da lesão. Sem a sensação genital e/ou o orgasmo, os homens com LM normalmente devem aprender a focalizar a relação sexual em outras formas alternativas de estimulação. "Outras áreas do corpo frequentemente se tornam mais sensíveis", diz Berger. "Quando os homens com lesão medular sonham," ele adiciona, "eles normalmente sonham consigo mesmo como não possuindo LM. No sonho eles podem sentir tudo. Eu conheço alguns deles que conseguem se colocar dentro de um sonho quando vão fazer sexo."

"Homens com paralisia também se tornam mais concentrados em proporcionar prazer as suas companheiras e isso proporciona a eles próprios mais prazer", diz Berger. "Eles gostam de observá-las e isso estimula o desejo deles em querer fazer as coisas funcionarem o mais próximo do normal possível. Imaginar que eles podem funcionar sexualmente e satisfazer suas companheiras sexualmente traz satisfação e muito mais ainda quando eles conseguem realizar isto de fato. Sexo é muito mais do que o que está entre as orelhas."

Fertilidade
Em muitos casos, os testículos continuam produzindo esperma após a LM mas, a ejaculação está impedida. Assim, o desafio para os homens com LM que querem tornar-se pais é conseguir retirar o esperma de dentro de seus corpos a fim de que ele seja utilizado em inseminação artificial. Existem 3 técnicas básicas: duas para induzir a ejaculação e outra envolvendo a remoção cirúrgica através de uma pequena incisão na bolsa escrotal. Porque o método cirúrgico pode causar ferimento e um possível bloqueio nos vasos deferentes, Berger diz que, geralmente, outros dois métodos, descritos a seguir, são tentados primeiramente.

Um deles é colocar um vibrador contra a cabeça do pênis para estimular o reflexo da ejaculação. Este método tem sido usado durante 13 anos e funciona bem em homens com injúrias abaixo de L2, nos quais os reflexos necessários estão praticamente preservados. "Um novo vibrador que foi criado tem trazido o índice de sucesso para cima de 70%", diz Berger. "É um método que pode ser usado em casa e o esperma pode ser inseminado em casa mesmo, usando-se uma seringa vaginal, o que faz com que todo o processo pareça menos clínico.

O segundo método, que tem sido usado por 6 a 7 anos é estimular a glândula prostática, a vesícula seminal e os vasos deferentes, com um cabo elétrico introduzido no reto. A estimulação faz com que a glândula se contraia produzindo ejaculação artificial. Para os pacientes que possuem sensação, a eletroejaculação pode ser dolorosa e necessita ser realizada com anestésicos, diz Berger "mas, felizmente para a maior parte das pessoas que utilizam este método, elas não podem mais sentir dor".

Ambos os métodos, a estimulação vibratória e a eletroejaculação, podem causar disreflexia autonômica, assim, a pressão sanguínea deve ser monitorizada de perto, durante ambos os procedimentos. "Se alguém começar a apresentar elevação da pressão sanguínea nós interrompemos o processo." Os pacientes que apresentam disreflexia durante o procedimento podem ser tratados com uma droga tipo nifedipine antes de uma sessão futura, para controlar o problema.

"Outra preocupação com a indução da ejaculação é o nível de atividade e mobilidade do esperma que deve estar baixa, especialmente no principio da lesão", diz Berger. Em homens que não ejaculam o esperma fica depositado no trato por um longo período o que reduz a mobilidade do espermatozóide. Este problema pode ser melhorado frequentemente usando-se estimulações repetidas e tratando-se o esperma recém adquirido no laboratório com drogas que aumentam o nível de energia celular.

Com estes métodos, diz Berger, sua clínica atingiu um aumento no índice de gravidez próximo aos 30%. "Depende do quanto persistente as pessoas são" ele adiciona. Utilizando-se os melhores meios, pessoas com LM apresentam um índice de gravidez de apenas 20% ao mês, havendo necessidade de se repetir muitas vezes, antes que a inseminação artificial possa ser um sucesso. Nos últimos 5 anos, Berger estima que a sua clínica habilitou cerca de 20 homens a se tornarem pais.

Leia mais: http://www.deficienteciente.com.br/2010/10/funcao-sexual-e-fertilidade-em-homens.html#ixzz17NRfrdtf
Under Creative Commons License: Attribution

VIÚVA QUE RECEBE PENSÃO PODE SE CASAR SEM PERDER O BENEFÍCIO.

Solicito aos colegas que discutem neste fórum, esclarecer-me se a viúva que recebe pensão do cônjuge falecido, ao casar-se novamente perderia o direito ao recebimento do benefício. Gostaria que a resposta viesse embasada em lei ou julgado dos Tribunais,as opiniões pessoais não irá nos ajudar. Pesquisei nesse fórum e há um questão já colocada no dia 06 de agosto de 2000, porém as respostas ali colocadas foram apenas opiniões pessoais, o que não solucionou nossa dúvida. Se formos atendidos agradeço pela ajuda. Jair Rodrigues de Sorocaba SP.

Caro Colega, lhe envio uma noticia recente publicada no site direitonet.com.br (30/01/2004).

INSS: viúva não perde pensão ao se casar novamente
Fonte: AgPREV - Agência de Notícias da Previdência Social
Data: 30/01/2004 17h34

As viúvas que recebem o benefício pensão por morte podem se casar novamente, sem perdê-lo. Contudo, caso o segundo marido contribua para o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e venha a falecer, a viúva não poderá acumular as duas pensões, mas poderá optar pela de maior valor. Para isso, basta procurar a Agência da Previdência Social mais próxima da residência, com os seus documentos e os do marido, para que sejam comparados os valores dos benefícios. O INSS não interfere na opção da viúva, apenas a orienta.

A pensão por morte só pode ser acumulada com um benefício da mesma espécie caso tenha sido deixada por um filho do qual a mãe dependia, mesmo recebendo uma pensão do marido. Nesse caso, é preciso que a mãe apresente ao INSS três provas, no mínimo, de dependência econômica do filho, que podem ser a declaração do imposto de renda, plano de saúde, comprovante de que residiam no mesmo endereço e até recibos de pagamento de água, luz, gás ou telefone.

Receber uma pensão por morte não significa que a viúva, por exemplo, não possa ter benefícios de outras espécies, como os auxílios doença e acidentário, um dos quatro tipos de aposentadorias e até mesmo o salário-maternidade. Se ela for contribuinte isso é possível e está previsto na legislação previdenciária.

Segundo a chefe da Divisão de Benefícios do INSS em Salvador, Aidê Lopes, existem viúvas que não formalizam o segundo casamento com receio de perder o benefício deixado pelo primeiro marido. "Também existem aquelas que trabalham, contribuem para a Previdência e não procuram seus direitos por desconhecerem as leis", comenta Lopes.

JUCELINO AP SANTOS
CONSULTOR PREVIDENCIÁRIO EM SP


Fonte: forum.jus.uol.com.br

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

LESÃO MEDULAR: CUIDADOS COM A PELE.

A lesão medular acarreta um período de internação prolongado, com imobilização total enquanto a lesão ainda está instável. Principalmente nesse período, é preciso ter cuidado com as lesões de pele, as chamadas úlceras de pressão, que podem trazer consequências graves à condição clínica do paciente. Entretanto, esse tipo de lesão pode aparecer mesmo depois de muito tempo desde a lesão medular. Por isso, é importante que alguns cuidados sejam sempre tomados.

As úlceras de pressão ocorrem devido à imobilização, à falta de sensibilidade no local e à vasoplegia, consequentes da lesão medular. Essa lesão começa em poucas horas de compressão da pele, iniciando como uma vermelhidão superficial, podendo evoluir para uma ferida que pode aprofundar até o osso (casos mais graves).

Quando uma pessoa com sensibilidade e motricidade normais permanece na mesma posição por muito tempo, logo vem a sensação de formigamento e câimbras, que fazem com que o indivíduo mude de posição, mesmo enquanto está dormindo. Essa ação alivia a pressão exercida pelas proeminências ósseas na pele, evitando as lesões. Entretanto, o paciente com lesão medular não possui sensibilidade no local e permanece imobilizado por tempo prolongado, o que mantém a causa da lesão cutânea (pressão). Aos poucos, a pele pressionada pelo osso perde a irrigação sanguínea e sofre necrose, fato auxiliado pela vasoplegia que dificulta ainda mais a nutrição tecidual. As úlceras de pressão são mais comuns na região dos trocânteres, ísquios, sacro, calcâneos, maléolos, joelhos, crista ilíaca, cotovelos, occipital e escápulas.

Locais de aparecimento freqüente das úlceras de pressão

É preciso que todos saibam que é mais fácil prevenir as úlceras de pressão do que tratá-las, e o método mais eficaz para isso é a mudança de decúbito constante, de modo que as áreas de pressão sejam redistribuídas. Existem hoje almofadas para cadeira de rodas e colchões especiais, com densidades apropriadas, para auxiliar na prevenção das úlceras.

Para os pacientes tetraplégicos, é preciso que a família e os cuidadores tenham muita disciplina para que a mudança de decúbito e a higiene apropriada da pele sejam feitas com rigor. Já os pacientes paraplégicos possuem outros métodos de auto-cuidado que precisam ser adotados para prevenir as lesões da pele. Entre estes métodos estão: os push-ups frequentes (na cadeira de rodas, o paciente pode se utilizar dos membros superiores para aliviar o peso sobre os quadris, empurrando os braços da cadeira para erguer o corpo); e as mudanças de decúbito, usando a força de membros superiores e de tronco (quando houver) para rolar na cama, trocando a posição de “barriga para cima” para o decúbito lateral e vice-versa.

Auto-cuidado do cadeirante para prevenir úlceras de pressão

As úlceras de pressão atrapalham a qualidade de vida do paciente, que muitas vezes cursam com declínio do seu estado geral, apresentando infecções, febre e anemia. Muitos pacientes relatam que essa alteração na condição clínica incomoda mais do que a própria lesão medular, pois, quando presentes, as lesões cutâneas podem impedir a realização de uma série de atividades, como a hidroterapia, alguns exercícios de fisioterapia e a equoterapia (quando a lesão surge em ísquios e sacro, por exemplo).

As atividades laborais também podem estar comprometidas, já que o paciente apresenta muitas vezes um mal estar generalizado decorrente das alterações clínicas causadas pelas úlceras. Além disso, as consequências emocionais muitas vezes influenciam a vida social do paciente, que passa a não querer mais sair de casa ou receber visitas, porque as feridas podem apresentar mau cheiro ou porque os curativos ficam visíveis.

Os tratamentos disponíveis hoje variam desde medicamentos anti-sépticos e antibióticos tópicos até o desbridamento (retirada cirúrgica do tecido necrosado). Os curativos devem ser trocados com frequência para evitar a formação de umidade, que pode prejudicar o processo cicatricial, e para evitar novos pontos de pressão. Mas, nesse caso, o famoso ditado popular é verdadeiro: é mesmo melhor prevenir do que remediar.

Fontes: http://www.lesaomedular.com

ADET - MENSAGEM DA SEMANA.

Sempre é tempo de recomeçar.

Em qualquer situação podemos abrir novas portas, conhecer novos lugares, novas pessoas, ter outros sonhos.
Renovar o nosso compromisso com a vida e assim, renascer para a vida e alcançar a felicidade.
Não importa quem te feriu, o importante é que você ficou.
Não interessa o que te faltou, tudo pode ser conquistado.
Não se ligue em quem te traiu, você foi fiel.
Não se lamente por quem se foi, cada um tem seu tempo.
Não reclame da dor, ela é a conselheira que nos chama de volta ao caminho.
Não se espante com as pessoas, cada um carrega dentro de si, dores e marcas que alteram o seu comportamento, ora estamos felizes e transbordamos de alegria e paz, ora estamos melancólicos e só queremos ficar sozinhos...
O mundo está cheio de novas oportunidades, basta olhar para a terra depois da chuva. Veja quantas plantinhas estão surgindo, como o verde se espalha mais bonito e forte depois da tempestade.
As portas se abrem para os que não tem medo de enfrentar as adversidades da vida, para os que caíram, mas se levantam com o brilho de vitória nos olhos.
Todo o caminho tem duas mãos, uma que seguimos ainda com passos inseguros, com medo, porque não sabemos ainda o que vamos encontrar lá na frente, na volta, mesmo derrotados, já sabemos o que tem no caminho, e quando um dia, resolvemos enfrentar os nossos medos e fazer essa viagem novamente, somos mais fortes, nossos passos são mais firmes, já sabemos onde e como chegar ao destino, o destino é a vitória, o seu destino é ser feliz, eu creio nisso, e você?
Você está pronto para recomeçar?
O caminho está a tua espera, pé na estrada, coloque um sonho na alma, fé no coração e esperança na mochila, a vida se enche de novidades para os que se aventuram na viagem que conduz a verdadeira liberdade.

Fonte: Autor desconhecido

Mensagem da Semana: Familia ADET

Fonte: http://sedeieqblumenau.wordpress.com

CAMARA INAUGURA NOVAS DEPENDÊNCIAS E ADAPTAÇÕES PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.

A Câmara Municipal de Vereadores de Tabira realizou na noite deste sábado (27/11) uma sessão solene para inaugurar as novas dependências, com rampas de acesso, adaptação de banheiros e instalação de elevador, adaptações estas reivindicadas pela ADET – Associação dos Deficientes de Tabira, fruto de uma reforma patrocinada pela atual mesa diretora e conceder título de cidadão tabirense a 20 pessoas. O evento contou com a participação de representantes dos três poderes: Tadeu Sampaio (presidente da Câmara), Drª Fabíola Michele Freire (juíza de direito) e Joel Mariano (vice prefeito). Após a inauguração, foi instalada a sessão para entrega dos respectivos títulos às pessoas agraciadas, entre elas, a juíza da comarca, o deputado estadual Augusto César (pai e filho), e o secretário de finanças do município, Cândido Siqueira. Encerrada a solenidade, foi oferecido um coquetel, no local, seguido de uma confraternização no club de campo da cidade. Na Inauguração se fizeram presentes representando a ADET, Heleno Trajano Pereira – 1º Secretario e Luiz Miguel da Silva - Presidente.

Fonte: http://blogdejoelmariano.blogspot.com/

TABIRA REALIZA O 1º FORUM DO IDOSO.

Foi realizado nesta terça-feira (23/11) no polo de educação a distancia de Tabira o 1º fórum da pessoa idosa do município, promoção da Secretaria de ação social. A mesa de abertura contou com a participação do vice prefeito Joel Mariano, do presidente da Câmara Municipal de Vereadores Tadeu Sampaio, da promotora Drª Ana Clézia, da secretária de ação social Maria Claudenice, do poeta Albino Pereira e da escritora Nevinha Pires. Além de palestras sobre os temas relacionados à 3ª idade, o encontro também contou com a exibição de um vídeo sobre o lar do idoso, uma apresentação dos alunos da escola de música do município, e a realização de uma homenagem a três idosos pelo relevante papel que jogaram durante a história da cidade, sendo eles: o poeta Albino Pereira, a escritora Nevinha Pires e a ex. 1ª dama do município Ozita Soares, a ADET também se fez representar através do Seu Presidente Luiz Miguel me da Vice Presidente Girleide Gomes.

Fonte: http://blogdejoelmariano.blogspot.com