terça-feira, 18 de junho de 2013

EM RECIFE, MANIFESTANTES PLANEJAM PROTESTO PARA QUINTA E FALAM EM REUNIR 60 MIL

Um grande protesto está marcado para a quinta-feira, em Recife, uma das sedes da Copa das Confederações. Nesta segunda-feira, cerca de 2 mil pessoas reuniram-se em um "ato relâmpago" que visou apenas a reafirmar os objetivos da manifestação do dia 20, em que cerca de 60 mil pessoas são aguardadas.
A reivindicação primária é a redução da passagem do transporte público, que atualmente custa R$ 2,25 para o 'anel A', na região central; o preço na região metropolitana varia até R$ 3,45. Uma segunda intenção é reivindicar o passe livre para estudantes e desempregados.
O ato desta segunda teve cerca de 1 hora de duração, na Praça do Derbi, tradicional ponto de manifestações da capital pernambucana, e a polícia observou sem entrar em qualquer confronto. O único momento de tensão aconteceu quando jovens com adesivos do PSTU colados às camisetas deram entrevistas para jornalistas que acompanhavam a movimentação.
Os demais manifestantes reagiram com gritos de "Não tem partido" e "Sem entrevista". Não houve agressões.
Entre as manifestações, houve quem mencionasse a Copa das Confederações. A reportagem do ESPN.com.br registrou dois cartazes referentes à competição. "Estádio para desabrigados", dizia uma deles. Outro perguntava em inglês: "Vocês conheciam esse Brasil?"

Veja fotos dos protestos contra a Copa-2014 realizados no Brasil:
Polícia Militar e manifestantes entram em confronto nos arredores do Maracanã - 1 (© Marcos de Paula AE)
Próximo
Anterior

Postado por Antonio Brito.

Nenhum comentário: